FALTA DE MANUTENÇÃO LEVA A CONFLITO NO CONDOMÍNIO

Boa administração e ajuda de uma câmara de mediação podem ajudar

Da Redação

Em maio deste ano, o jornal Estado de São Paulo publicou uma reportagem contando a história da publicitária Camila, proprietária de um conjunto comercial na região da praça da Sé. O imóvel estava alugado e, por problemas de manutenção no condomínio, sofria de infiltrações. Por mais de dois anos, Camila tentou negociar com o síndico para que os reparos fossem feitos e bancados pela administração, mas sem sucesso. Ela perdeu a inquilina e ainda teve de arcar com mais de R$ 22 mil para resolver o problema. O desejo da proprietária, naquele momento, era entrar na Justiça para remediar a situação.

 

Quem vive ou trabalha em condomínio sabe que conflitos entre moradores ou usuários dos edifícios são tão comuns quanto desgastantes. E, muitas vezes, a solução parece ser mesmo entrar com um processo e resolver os problemas na Justiça. No entanto, por conta da morosidade dos processos, dos valores e das premissas da Justiça tradicional, pode não ser uma boa ideia.

 

Em São Paulo, o Tribunal de Justiça autoriza e apoia as câmaras privadas de conciliação e mediação que ajudam as partes a chegarem a uma boa resolução, de forma rápida, acessível, com valor legal, assinada pelo juiz e, principalmente, garantindo que após o processo, o diálogo e a paz entre os envolvidos permaneça.

 

"Quando você convive diariamente com outros moradores, ou funcionários de outros escritórios, manter uma relação cordial e tranquila é fundamental. O processo na Justiça não promove essa pacificação, já a conciliação e a mediação têm essa missão como regra", afirma Dr. Affonso Comissário Lopes, advogado do Instituto Paulista de Conciliação e Mediação, o IPCM.

 

Se você atravessa problemas e conflitos em seu condomínio, conheça o trabalho do IPCM e venha descobrir como resolver de forma rápida, legal e acessível.

IPCM - Instituto Paulistano de Conciliação e Mediação

Rua da Glória, 182 – cj. 12 – Liberdade

www.paulistanomediacao.com.br

atendimento@paulistanomediacao.com.br