MEDIAÇÃO PARA QUEM TEM PRESSA

Iniciativa em Brasília inspira idosos a resolver conflitos

Da Redação

Quem foi educado à moda antiga não gosta de deitar a cabeça no travesseiro com conflitos pendentes. Uma dívida, uma questão de família, uma pendência de direito do consumidor tiram o sono daqueles que preferem levar a vida na linha. Se você é desse time, precisa conhecer os escritórios de mediação e conciliação. O IPCM é um deles, autorizado e apoiado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

 

Pessoas com mais de 60 anos têm procurado esse serviço justamente porque a mediação e a conciliação resolvem de forma mais ágil e acessível essas questões que tiram a tranquilidade da gente. Em Brasília, por exemplo, a Central Judicial do Idoso (CJI), uma parceria do Tribunal de Justiça do DF com o Ministério Público e a Defensoria Pública, atende as pessoas mais velhas que têm seus direitos ameaçados ou violados e necessitam de orientação na esfera da justiça. O blog da jornalista Mariza Tavares (http://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/em-brasilia-um-exemplo-de-mediacao-de-conflitos.html) conta direitinho como funciona essa iniciativa.

 

Aqui em São Paulo, você pode procurar o IPCM para tirar do caminho os conflitos e tocar a vida em paz.

Conheça o IPCM: 

IPCM - Instituto Paulistano de Conciliação e Mediação

Rua da Glória, 182 – cj. 12 – Liberdade

www.paulistanomediacao.com.br

atendimento@paulistanomediacao.com.br