SETEMBRO É O MÊS DA MEDIAÇÃO

EM SÃO PAULO

A ideia dos vereadores da capital é chamar atenção

para a resolução de conflitos

Da Redação

Em abril deste ano, a Câmara Municipal de São Paulo alterou uma lei de 2007 e propôs que o mês de setembro seja dedicado à atenção para a mediação, uma forma de solucionar questões e conflitos, com valor legal, mas sem necessidade de recorrer à Justiça tradicional. Mais de 80 milhões de processos circularam na Justiça entre 2016 e 2017, por isso os caminhos alternativos para firmar acordos são vistos como uma solução para desafogar o judiciário e oferecer atenção e solução para questões de família, de contratos, de dívidas, etc.

 

O projeto é de autoria do vereador Alberto Nomura (PSDB) e aponta para a importância de uma sociedade conciliadora e capaz de encontrar soluções para seus conflitos. Segundo Nomura “a mediação é uma forma de possibilitar que as partes solucionem conflitos existentes por meio do diálogo, facilitado pela figura do mediador”, explicou.

 

Outro ponto importante da medida é destacar que a mediação é o caminho para transformar a “cultura do conflito” em “cultura do diálogo” e oferecer conciliações mais rápidas e acessíveis – com homologação do juiz sempre que necessário – ao cidadão.

 

O IPCM trabalha justamente com conciliação e mediação e recebe casos relacionados a conflitos familiares, de relações de consumo e o que mais tirar o sono do paulistano. Venha conhecer nossos serviços e tirar da frente as questões que geram estresse e sofrimento.

IPCM - Instituto Paulistano de Conciliação e Mediação

Rua da Glória, 182 – cj. 12 – Liberdade

www.paulistanomediacao.com.br

atendimento@paulistanomediacao.com.br